5 dicas para manter a harmonização da casa em meio à rotina

de 24/07/19 em Feng Shui da Vida Real

Você se empolga com novas ideias, faz algumas mudanças mas desiste logo depois? Isso é muito comum. Entenda os motivos.

Seguir um método apenas por seguir

Foi publicado um livro best-seller no mundo, um novo método vira moda. Ficamos tentados a experimentar as maravilhas prometidas por especialistas das mais diversas áreas. Mas, muitas vezes, as dicas e soluções não se aplicam ao nosso estilo de vida. Outras vezes, tradições de outras culturas podem soar estranhas e sem sentido. E por isso abandonamos logo a tentativa de colocar esse novo método em prática.

Dica: pesquisa, leia, explore, mas escolha técnicas que façam sentido pra você. Não cometa loucuras de deixar um número determinado e roupas no guarda-roupas ou ter apenas um jogo de pratos se isso não combinar com sua rotina, ou dispense conselhos que façam você usar algum incenso ou erva em casa que tenha um cheiro que te incomoda, por exemplo.

Criar uma rotina muito rígida

É comum criarmos a fantasia de transformar completamente nossa rotina num passe de mágica. Fazemos isso com quase tudo. Quando começamos uma dieta, pensamos que vamos ser os mais dedicados possível e logo estamos beliscando ou retornando a antigos hábitos. Com a organização e harmonização da casa é igual. Desista de imaginar uma rotina totalmente diferente de uma hora pra outra. Desista de metas muito radicais, de manter tudo super organizado, e também não se preocupe em criar uma agenda de limpeza energética ou de rituais muito fixa. Vá implementando mudanças aos poucos e testando os resultados. Logo perceberá o que funciona ou não para você e poderá construir uma nova relação com a casa e, consequentemente, uma nova rotina.

Começar e não terminar as tarefas

Se pensar em criar uma rotina muito rígida é ruim, também atrapalha deixar as coisas inacabadas ou pelo caminho. Portanto, se começou a arrumar uma parte da casa, termine. Se começou um ritual de limpeza energética, vá até o fim. Vai fazer uma cura de Feng Shui, faça pelo tempo que for necessário. Caso contrário, se continuar deixando coisas e tarefas inacabadas, nunca vai saber o que funciona ou não na sua rotina e na sua relação com a casa.

Criticar o que deixou de fazer, em vez de celebrar o que fez

Esse conselho vale para tudo e não apenas para a relação com a casa. Normalmente, mantemos em mente uma lista com tudo o que ainda não fizemos, com todas as pendências. Isso é muito desmotivador e vai reforçando ideias negativas que temos a nosso respeito. Portanto, além de estipular metas possíveis, é importante lembrar tudo o que foi feito e celebrar isso. 

Não entender os ciclos da vida

Quase todos os métodos com os quais já tive contato descrevem um cenário de mundo perfeito que não combina nada com a vida real. Por isso, é importante filtrar o que serve ou não para você. E mais: adotar técnicas que ajudem a melhorar a fase da vida na qual se encontra. Por exemplo, uma família com filhos pequenos precisa adotar uma rotina de organização e se preocupar com a limpeza energética da casa para favorecer o crescimento saudável dos pequenos. Não adianta imaginar uma casa impecável e achar que a bagunça é negativa. 

Comente aqui!

* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado. Quer que a sua foto apareça nos comentários? Clique aqui.